Últimas

    Uiraúna leva a melhor nos pênaltis e chega as quartas

     
    O Uiraúna conseguiu a classificação nessa tarde de domingo em Major Sales, depois de empatar em zero a zero no tempo normal, e superar a Escolinha nas penalidades pelo placar de 5 x 3, num jogo memorável.

    Um jogo dígino de final, assim podemos dizer da partida realizada nessa tarde de domingo no Piozão, e não só o jogo em si, mas a presença da torcida que compareceu em grande número.

    Não era para menos, duas grandes equipes, que poderiam muito bem fazer a final, mas seguindo o regulamento, tiveram que se enfrentar nessa fase.

    A equipe da Escolinha foi quem tomou a inciativa, e logo aos 3 minutos de bola rolando, Madson chuta de longe, e André pega com facilidade. Um minuto depois, Kleber cobra falta, e a bola passa perto.

    O time do Uiraúna chegou aos 8, com Manu batendo forte de longa distância, e a bola foi pra fora.

    As duas equipes insistiam nos chutes a longa distância, pois as defesas bem postadas em campo, não permitiam que os atacantes chegassem próximos.

    Júnior Lira, aos 9, bate forte, e o goleiro André pega firme.

    O jogo era eletrizante, a todo tempo tinha jogadas de ataque, mas os chutes não eram certeiros, e quando isso acontecia, os goleiros estavam preparados para defender.

    Manu, aos 10, rola para Alif que chuta e manda muito longe da meta de Francisco.

    O melhor lance da partida até então, acontece aos 15, cruzamento que vem da direita, Esquerdinha bate de primeira e a bola passa muito perto do gol.

    O Uiraúna chegou mais uma vez, aos 16, com Deda que chuta forte, mas manda muito longe do gol.

    A alternância de ataques seguia, aos 17, é a vez da Escolinha, Alex faz boa jogada pela direita, bate cruzado e a bola passa por todo mundo na área.

    Uma boa oportunidade foi criada aos 19, quando Mandson cobra falta, a bola sobra para o atacante Kleber, ele chuta, mas a bola foi de vagar e facilitou a defesa do goleiro André.

    Aos 26, mais uma vez Esquerdinha recebe bola e chuta forte, ela passa muito perto do gol defendido pelo goleiro Francisco.

    Já chegando aos 29, Mandson bate mais uma, a bola com muito perigo, o goleiro André defende mais uma.

    Depois desse lance, o time do Uiraúna passou a ter mais a posse de bola, e aluga o campo de ataque, mas não consegue criar muito, até que aos 41, Esquerdinha lança na área, Arthur chuta forte, e a bola passa com muito perigo frente ao gol de Francisco.

    Com o placar zerado, muita pegada e equilíbrio, o primeiro tempo termina.

    A segunda etapa começa com a equipe do Uiraúna indo para cima, Deda chuta forte de longe, e o goleiro Francisco segura firme, evitando o gol do adversário.

    Dois minutos depois a resposta, Júnior Lira cruza na área, Mandason fura de cabeça, e perde grande chance.

    Aos 11, tabela entre Arthur e Manu, mas o goleiro Francisco chega tirando a bola, e salvando a equipe da Escolinha.

    Na disputa pela bola, o goleiro Francisco e o jogador Manu se chocam, o atacante de Uiraúna leva a pior e cai no chão sentindo fortes dores, o jogo segue, mas depois o árbitro percebeu a gravidade do atleta e paralisa o jogo, um médico é chamado, mas na verdade aparace uma junta médica, Dr Pio, Dr Bosco, Dr Athaíde e mais uns outros médicos que estavam no estádio, entraram em campo para atender o jogador.

    Depois que o retiraram de campo, acionaram também a ambulância que estava de prontidão no estádio, e o jogador foi levado para o hospital, momentos depois veio a notícia de que o mesmo passava bem.

    O jogo continuou, as duas equipes na mesma pegada, Manu que sai as pressas, foi substituído por Buiú.

    Buiú que aos 22, lançou Arthur, ele protege bem a bola, e bate forte, ela passa muito perto, e o banco lamenta a chance desperdiçada.

    O jogo é muito bom, e quente também, vez por outra, alguns jogadores se desentendem dentro de campo, Júnior Lira conseguiu tirar Esquerdinha do sério, mas ele Júnior que acabou levando um cartão amarelo, já numa jogada contra Buiú, o atleta do Uiraúna acabou levando o vermelho.

    Com um a mais, a equipe da Escolinha não conseguiu reverter a sua vantagem numérica, pois o jogo já caminhava para o seu final.

    Aos 34, após contra-ataque, Raul chega chutando e a bola vai para fora.

    Não deu mais tempo para nada, e o árbitro apita fim de jogo. zero a zero, agora, era hora das penalidades.

    Penalidades

    O time do Uiraúna é quem bate primeiro, e para abrir as cobranças, nada melhor que o craque do time, Esquerdinha faz 1 x 0.

    Com muito sangue frio, de cavadinha Kleber empata, 1 x 1.

    Allif também deixa o seu, 2 x 1 para Uiraúna.

    Mandson empata para Escolinha, 2 x 2.

    Arthur cobra e deixa novamente o Uiraúna em vantagem, 3 x 2.

    Raul, cobra para Escolinha e deixa tudo igual, 3 x 3.

    Deda, também marca, Uiraúna 4 x 3.

    Tiano, bate, e o goleiro André defende, continua 4 x 3.

    A última cobrança é de João Paulo, ele cobra e faz, o gol  da classificação, 5 x 3.

    O time do Uiraúna passa de fase e agora vai enfrentar o Renovação de Água Nova, jogo marcado para o dia 15 de julho, um sábado.

    Esse foi o segundo jogo entre essas duas equipes, e mais uma vez empate, difícil assim dizer qual é a melhor, dois grandes times, quem compareceu ao estádio, lamentou por as duas equipes terem que se enfrentar tão cedo na competição, poderiam ter ido muito mais longe, se tivessem enfrentado adversários diferentes, mas isso acontece pela classificação que tiveram na primeira fase.

    Uiraúna:

    André, Allif, Bitinha, Godolias, Sidney, João Paulo, Sandrinho, Deda, Manu (Buiú), Arthur e Esquerdinha.

    Escolinha:

    Francisco, Joãozinho, Boboinha, Magrão, Tiano, Júnior Lira, Washington, Raul, Mandson, Kleber e Alex.


    Trio:

    Mignum, Praxedes e Lázaro.

    Mais »

    Cruzeiro vence TAMEC e passa para as quartas



     O Cruzeiro venceu o TAMEC nessa tarde de sábado em Major Sales, pelo placar de 1 x 0, gol marcado por Jairo, em jogo válido pelas oitavas de final.

    O time sousense começou o jogo com mais posse de bola, e alugando o campo adversário, e já aos 7 minutos, Jairo cabeceou a bola após cruzamento, mas o goleiro Alino defendeu.

    Um minuto depois, o atacante cruzeirense invade a área, Rafael corta por baixo, e Romário chega também na jogada e o árbitro Joarley marca falta, e como foi dentro da área, pênalti.

    Rafael fica indignado com a marcação da penalidade e parte pra cima do árbitro, que aplica cartão amarelo.

    Joarley disse no intervalo que não marcou falta do zagueiro, e sim do volante que chegou atropelando o atacante paraibano.

    Depois de todas as reclamações do lance, Jairo partiu para cobrança, e fez, 1 x 0, Cruzeiro.
                        


    Mesmo na frente no marcador, a equipe de Sousa continuava melhor em campo pressionando o adversário, aos 15, boa jogada pela esquerda, Alan chega chutando a bola para fora.

    O time do Cruzeiro quase marca o segundo aos 21, depois do bate rebate na área, Abraão afasta de cima da linha.

    O time do TAMEC, veio chegar com certo perigo aos 35, quando o lateral Eduardo cruza na área, e o goleiro Erinaldo joga a bola para linha de fundo sedendo escanteio.

    Aos 37, Alan tenta mais uma vez pelo Cruzeiro, mas de muito longe a bola vai para fora.

    O primeiro tempo termina com vitória da equipe cruzeirense pelo placar de 1 x 0.

    No segundo tempo, o time de Tenente Ananias volta disposto a conquistar o empate, aos 6, Eduardo chuta forte de longe, mas a bola passa sem perigo para a meta do goleiro Erinaldo.

    O time paraibano responde aos 12, Gago cobra falta, Alino defende, e Paulinho Aparecida pega rebote mais chuta por cima.

    Aos 29, Gago faz boa jogada e lança Jairo, o atacante chuta firme, mas Alino salva o TAMEC de tomar o segundo.

    O time potiguar no prejuízo, ver o tempo passando e as coisas se complicado, aos 34, Romário chuta de longe, mas não leva perigo .

    As duas equipes fazem mudanças, mas não conseguem fazerem bosas jogadas para marcarem.

    O time do TAMEC colocou uma pressão, ficaram tentando encontrar uma brecha, mas o time de Sousa bem postado atrás, não permite que o adversário faça o gol de empate.

    Aos 39, Júnior chuta de longe, mas sem perigo para meta de Alino.

    O melhor lance para a equipe potiguar, foi aos 42, quando Eduardo cobrou falta, a bola bate no chão, antes do goleiro Erinaldo, que consegue fazer grande defesa e evita o gol de empate.

    O árbitro pede a bola e aponta para o centro do gramado, fim de jogo, 1 x 0 para o Cruzeiro que consegue a classificação.

    O Cruzeiro agora irá enfrentar o Almino Afonso, no dia 16 de julho.

    Esse foi o segundo jogo entre essas duas equipes nessa edição, a primeira foi na fase classificatória, no dia 21 de maio, naquela oportunidade, o placar se repetiu, 1 x 0 Cruzeiro, e foi também a terceira da história, no ano passado com esse mesmo placar, o time de Sousa venceu o de Tenente Ananias.

    Após o jogo, Rafael que foi substituído, machucado não pode terminar a partida, voltou a campo para tomar satisfação com o árbitro Joarley, reclamando pelo lance que originou o gol cruzeirense.

    Foi um jogo acirrado, mas de pouca criatividade e pouquíssimas chances de gols. O Cruzeiro, econômico vem chegando aos poucos, e já está mais uma vez nas quartas de final.

    O TAMEC, que no ano passado não passou nem da primeira fase, mais uma vez cai nas oitavas, assim como aconteceu em 2015.



    Cruzeiro:

    Erinaldo, Alan (Victor), Gerlano, Pedro, Vitor Magnata, Michael, João Marcelo, Gago (Vitor Hugo), Matheus Ilha (Júnior), Paulinho Aparecida, Jairo (Petrúcio).

    TAMEC:

    Alino, Aré, Rafael (Kiko), Romero, Eduardo, Marcos (Diego), Romário, Abraão (Jorge), Pedrinho (Anderson), Alan, Giro.
    Mais »

    Uiraúna x Escolinha, o clássico das oitavas

    Um duelo eletrizante está preste a acontecer na Copa Primo Fernandes, os dois times de Uiraúna, se enfrentam mais uma vez, num jogo de muita rivalidade, onde um segue, e o outro vai ter que dá adeus.

    Na primeira fase, empate em 2 x 2, dessa vez, em caso de novo empate, a decisão da vaga será nos pênaltis, alguém tem que passar, é mata-mata, só um continua na briga, sonhando com o título.

    Uiraúna, é o atual campeão, e tem um grande elenco, jogadores que são titulares em qualquer equipe da competição, além disso, muitos profissionais fazem parte desse plantel, entre eles Esquerdinha, jogador acostumado a jogar na Europa, e nas suas férias reforça o time da casa, aliás foi dele o gol do título no ano passado.

    Tem o goleiro André, o atacante Manu, quem esse ano jogou no sul do país, Arthur o recordista em gols numa única edição, onde marcou 15 gols em 2014, e muitos outros grandes jogadores.

    O grande desfalque da equipe será Juninho, o camisa 10 da equipe, responsável pela armação no meio de campo, e costuma marcar gols, e joga muito bem principalmente no Piozão.

    Do outro lado, não fica devendo, um elenco um pouco mais barato, mas de muita qualidade, atletas como o goleiro Francisco, os atacantes Mauro e Cléber Demolidor, e ainda conta com Alex, ex Uiraúna, autor inclusive dos dois gols marcados no jogo da primeira fase.

    Lembrando que quem passar de fase pega o Renovação de Água Nova.

    Esse é o jogo que atrai não só o torcedor do Uiraúna, mas sim de toda a região, em todos os lugares, se escuta falar nessa partida, seja no Alto Oeste potiguar, no Sertão paraibano e até no Ceará, se comenta o jogo de domingo no Piozão.

    Além dos torcedores, presença maciça da imprensa desportiva da região.


    Mais »

    Cruzeiro x TAMEC, mais um duelo interestadual

    Nesse final de semana teremos dois grandes jogos pela CPF, no sábado Cruzeiro enfrenta o TAMEC, e no domingo, Uiraúna e Escolinha fazem duelo paraibano. Mas vamos nos limitar hoje a falar do jogo de sábado, posteriormente falaremos no de domingo.

    Cruzeiro e TAMEC vêem do mesmo grupo (F), e na primeira fase, a equipe paraibana levou a melhor, vencendo por 1 x 0, placar comum nesse confronto, já que no ano passado, também foi assim, e mais uma vez o Cruzeiro levando a melhor.

    O time sousense que é atual vice campeão da competição, no ano passado teve essa mesma trajetória, enfrentando um adversário da primeira fase na segunda, naquela oportunidade, o duelo foi contra o também paraibano Lastro.

    O TAMEC a primeira vez que participou da competição em 2015, fez ótima primeira fase, mas foi eliminado nas oitavas, no ano passado não passou da primeira fase.

    Mas o futebol de Tenente Ananias é forte, praticamente a mesma equipe, só mudava a direção e o nome, o Real Madrid, assim era o nome da equipe que representou a cidade algumas vezes e foi vice em duas oportunidades, em 2011 e 2012.

    Será um jogo de duas grandes equipes, e promessa de lotação no Piozão.

    Lembrando que quem passar nesse duelo, enfrentará o Almino Afonso.

    O time de Tenente Ananias tenta nesse sábado, passar para as quartas de final, coisa que não faz desde 2014, e também manter a sequência de vitórias das equipes potiguares sobre as paraibanas, até aqui 2 x 0 para o RN.

    O Cruzeiro que como já falamos é o atual vice campeão, e tenta exatamente quebrar essa essa sequência de derrotas paraibanas, e ser a primeira a superar os potiguares.


    Mais »

    Almino Afonso desbanca o Central aplicando goleada


    O Almino Afonso venceu a equipe do Central pelo placar de 5 x 1, em jogo realizado nessa tarde de domingo em Major Sales, válido pelas oitavas de final, com gols de Kelisson três vezes, Frank e Zeca, para o time vitorioso, enquanto Madson descontou para o time de Serrinha dos Pintos.

    Quem acompanha os jogos de mata-mata em Major Sales, é acostumado a ver grandes duelos, equipes que brigam do começo ao fim, em alto nível, mas quem compareceu nesse domingo, viu algo um pouco diferente. Duas equipes que erram muitos passes, faziam muitas faltas, e não conseguiam criar tanto, apesar do número de gols marcados, mas a qualidade deixou muito a desejar.

    O primeiro lance em busca do gol, aconteceu aos 5, de bola parada, Nego chutou e a bola passou longe da meta do goleiro Ricardo.

    O time de Almino Afonso respondeu dois minutos depois, com Kelisson cabeceando pra fora.

    Frank, também tentou para o Almino Afonso, aos 10, ele chutou, mas a bola foi para fora.

    Uma boa oportunidade surgiu ais 16, quando Ricardo Veriano faz boa jogada pela esquerda e bate cruzado, a bola passa com perigo,  goleiro Jajá tentou fazer a defesa, mas não conseguiu alcançar.

    Aos 20, depois do bom lançamento, Kelisson recebe em boas condições e abre o placar, 1 x 0 para o Almino Afonso.

    O time de Almino Afonso melhor na partida, ainda tenta outras duas vezes, Ricardo chutando por cima aos 22, e Wanderson chutando na rede pelo lado de fora aos 40.

    O primeiro tempo acaba, com vitória parcial da equipe de Almino Afonso.

    A partida recomeça na segunda etapa, com o time do Almino Afonso atacando, aos 4, Zeca faz bela jogada, mas finaliza mal, e Jajá defende com facilidade.

    Aos 7 minutos, bate rebate na área, a bola sobra para Kelisson, que sem goleiro chuta forte, o zagueiro Chico se atira na frente, e corta a bola com a mão, pênalti para o Almino Afonso, e o atleta de Serrinha foi para o chuveiro mais cedo, o árbitro Renato aplicou cartão vermelho.

    No minuto seguinte, Frank amplia para o Almino Afonso, 2 x 0.

    Se a coisa já não estava boa para o Central, imagine depois de tomar o segundo gol, e ter um jogador a menos. Para complicar ainda mais a situação, aos 11, Kelisson marca mais um, dessa vez de cabeça, Alino Afonso 3 x 0.

    O goleiro Ricardo da equipe de Almino Afonso, um mero espectador, mas trabalha aos 19, quando Wanderson faz bela jogada individual e chuta fraco para defesa do arqueiro.

    Em tarde inspirada, Kelisson invade a área aos 21, dribla o goleiro e faz o quarto para o Almino Afonso, o seu terceiro no jogo, e quinto no campeonato, 4 x 0.

    A equipe de Serrinha dos Pintos, coloca em campo, o ainda muito jovem Silvestre, e dá uma melhorada no jogo, e aos 26, Madson de cabeça consegue descontar, 4 x 1.

    Mas com um a menos, e o tempo já bem avançado, a equipe não conseguia encontrar forças para correr atrás do resultado, e para complicar ainda mais, quem marcou na verdade foi o Almino Afonso, Zeca, aos 34, faz 5 x 1 para o Almino Afonso.

    O Almino Afonso devolveu com juros a derrota sofrida na primeira fase, naquela oportunidade placar de 1 x 0 para a equipe de Serrinha dos Pintos.

    O central que foi uma das sensações, durante algumas rodadas ficou em primeiro lugar geral, mas sucumbiu em Major Sales para um adversário conhecido e de goleada.

    Almino Afonso agora espera pelo vencedor entre Cruzeiro x TAMEC que se enfrentam no próximo sábado, 24.

    Ficha Técnica:

    Central 1 x 5 Almino Afonso

    Cidade: Major Sales

    Estádio O Piozão

    18 de junho de 2017

    Central:

    Jajá, Madson, Chico, Naldinho, Nego Preto, Valdênio, Mailson, Coelho (Gabriel), Wanderson, Kaká (Júnior), Marcelo (Silvestre).

    Almino Afonso:
    Ricardo, Mirita, Ricardo Veriano, Guará, Marcos (Adrano), Cosmo, Paulo (Damião), Misael (Helton), Frank (Alvanilson), Zeca (Berguinho), Kelisson (Tiago).








    Mais »

    Renovação leva a melhor nas penalidades e está nas quartas

     
    O Renovação de Água Nova empatou em 2 x 2, no tempo normal com a equipe da Molecada de José da Penha, com gols de Sócrates e Abraão para a equipe que se classificou, e Alisso e Alex para a equipe eliminada, nas penalidades, o time água-novense levou a melhor vencendo por 5 x 3.

    O time de José da Penha começou querendo pressionar, logo aos 2 minutos de bola rolando, Potinho cabeceia bola pra fora.

    Mas a equipe de Água Nova mostrou que não estava para brincadeira, e logo aos 05, respondeu com Abraão chutando forte e o goleiro Lucas fazendo grande defesa.

    O jogo é equilibrado, e a equipe da Molecada chega mais uma vez, aos 13, de bola parada, Danin cobra falta, mas passa longe do gol de Benício.

    Mais uma vez, Abraão, reforço da cidade de Santa Helena, PB, responde para o Renovação, e chuta de longe, e a bola vai por cima.

    Quem também tentou de bola parada, foi Julhinho, atleta de José da Penha, mas que nessa competição defende o Renovação, ele bateu e a bola passou por cima.

    A equipe de Água Nova chega mais uma vez, aos 33, após lançamento de Abraão, Sócrates chega chutando, o goleiro Lucas defende, a bola sobra para Julhinho que manda por cima.

    O gol da equipe do Renovação estava amadurecendo, e aos 36, Sócrates recebe livre de marcação na entrada da área e chuta forte sem chance para o goleiro Lucas, abrindo o placar, 1 x 0 para o Renovação.


    A torcida de Água Nova ainda estava comemorando quando aos 37, Abraão chuta bem de fora da área e amplia para o Renovação, 2 x 0.

    O primeiro tempo termina com boa vantagem para a equipe de Água Nova, que ver a classificação bem próxima.

    O segundo tempo começa, e a equipe de José da Penha nos primeiros minutos não consegue reagir, apesar de ter feito algumas mudanças.

    A equipe do Renovação parecia mais próximo do terceiro, do que a Molecada pelo menos descontar.

    O primeiro bom momento da segunda etapa, só acontece aos 14, quando Julhinho recebe bom lançamento de Abraão, chuta forte e manda para longe do gol de Lucas.

    A equipe da Molecada só chega ao ataque aos 19, Bergson chuta forte, a bola desvia ma defesa e vai para fora.

    Aos 34, Jaelton recebe livre de marcação e chuta forte, o goleiro Benício finalmente trabalha, e faz grande defesa.


    O jogo parecia ganho para a equipe de Água Nova, o técnico sacou seus dois melhores jogadores, ainda cedo no jogo.

    Aos 39, depois de lance de bola parada pela esquerda, a bola chega até Álisson que escora e desconta, 2 x 1.

    O árbitro Paulo dá 4 minutos de acréscimo, o jogo pega fogo, a equipe da Molecada parte com tudo pra cima.

    E ao apagar das luzes, aos 43, Alex, recebe bom lançamento, na direita, bate cruzado no canto esquerdo, e empata o jogo, 2 x 2.

    Foi uma grande festa no estádio, todo o banco de reservas entrou em campo para comemorar, um jogo que estava praticamente perdido, a equipe de José da Penha corre em busca e consegue o resultado, levando a decisão para os pênaltis.

    Nas penalidades o time do Renovação começou batendo, Marcelo cobrou e fez, 1 x 0.

    Álisson que marcou no jogo, deixou tudo igual, 1 x 1.

    Dandan bate para o Renovação e desempata, 2 x 1.

    A equipe da Molecada chega novamente a igualdade com Galego, 2 x 2.

    Darley deixa o Renovação novamente em vantagem, 3 x 2.

    Maurício bate, e o goleiro Benício defende, 3 x 2 para o renovação, agora com vantagem,

    E essa vantagem é confirmada quando Branco marca mais um, 4 x 2 para a equipe de Água Nova.

    Samuel renova as esperanças do torcedor jpenhense fazendo 4 x 3.

    Vinícius, dá o tiro de misericórdia e faz, 5 x 3.

    Renovação classificado para a próxima fase, a equipe de Água Nova agora espera o vencedor de Uiraúna x Escolinha, que se enfrentam no dia 25.

    Esse foi o primeiro jogo dessa fase, onde a equipe de melhor campanha perdeu, e também foi a primeira partida a ser decidida nos pênaltis.


    Ficha Técnica:

    Molecada (3)2 x 2(5) Renovação.

    Cidade: Major Sales

    Estádio O Piozão:

    Molecada:

    Lucas, Bruno (Romário), Caio (Samuel), Nonato, Maurício, Pedrinho (Álisson), Antonio Neto (Galego), Danin, Alex, Potinho (Jorge), Jaelton.

    Renovação:

    Benício, Bergson, Marcos, Hélio, Branco, Darley, Julhinho (Zezinho), Abraão(Dandan), Mazinho (Marcelo), Sócrates(Charles), Adriano(Victor).


    Confira em vídeo as penalidades:


    Mais »

    Duelos do final de semana um repeteco e um inédito

    Nesse final de semana mais dois jogos movimentam a CPF 2017, valendo pelas oitavas de final, teremos um jogo no sábado, e outro no domingo.

    E uma curiosidade, os confrontos que serão realizados nesses dias, é que deles será repeteco da primeira fase, pois essas equipes se enfrentaram na fase de grupo (Central x Almino Afonso).

    Isso acontece porquê na CPF é assim, os primeiros colocados vão enfrentando os últimos, então esse tipo de situação, vez por outra acontece, assim como já aconteceu na Libertadores, que tinha o mesmo formato, mas recentemente, mudou para sorteio, aliás, a competição sul-americana está imitando a Liga dos Campeões em tudo, até a final querem que seja em jogo único.

    Mas voltando aqui para a nossa modéstia, mas importante Copa Primo Fernandes, vamos aos jogos desse final de semana.

    No sábado, teremos o duelo entre Molecada x Renovação, duas equipes de cidades vizinhas, a primeira de José da Penha, a segunda de Água Nova.

    A equipe da Molecada se classificou em primeiro no grupo A, e em terceiro no geral, somando 9 pontos, o time jpenhense fez uma grande campanha, nessa que é a sua primeira participação na Primo.

    O adversário, também participa pela primeira vez, e não fica muito atrás, se classificando no grupo B, com 7 pontos, ficando na terceira colocação de sua chave, e em décimo quarto no geral.

    Para quem está participando da competição pela primeira vez, conseguiu a classificação para as oitavas, já é muito bom, e uma certeza, uma dessas novidades já é certo nas quartas de final, e se tudo ocorrer bem, poderá ir muito mais longe.

    Quem passar nesse confronto, enfrentará o ganhador de Uiraúna x Escolinha.

    Domingo.

    No domingo teremos um duelo que aconteceu na primeira fase, será entre as equipes: Central de Serrinha dos Pintos x Almino Afonso.

    Mais duas equipes que participam pela primeira vez da competição, as dias equipes vem do grupo D, e quando se enfrentaram a equipe de Serrinha venceu pelo placar de 1 x 0.

    Aliás o central teve grandes chances de se classificar em primeiro geral, mas acabou, mas acabou perdendo o último jogo e ficando na quarta colocação, mas em primeiro no seu grupo com 9 pontos.

    A equipe de Almino Afonso também fez grande campanha, e com 7 pontos, foi a primeira entre os terceiros, e décima terceira no geral.

    Quem passar nesse confronto enfrentará o ganhador de Cruzeiro x TAMEC.


    Mais »

    Saiu a escala de árbitros para esse final de semana

    Teremos mais dois jogos pelas oitavas de final da Copa Primo Fernandes, envolvendo as equipes, sábado dia 17, Molecada x Renovação, e domingo, 18, 08 de Maio x Almino Afonso, e temos os árbitros que irão atuar nesses duelos.

    Confira:

    -->
    DataDiaEquipeEquipeTrio
    17-JunsábadoMolecadaxRenovaçãoPaulo
    6-maiSábadoCentralxAlmino AfonsoRenato
    Mais »

    Manancial vira e conquista classificação


    O Manancial venceu a equipe do Popular pelo placar de 4 x 1, nessa tarde de domingo em Major Sales, em jogo válido pelas oitavas de final, gols de Toinho 3 vezes e um contra, Edimilson marcou para a equipe paraibana.

    Duas equipes boas, num jogo bem movimentado, com o time da casa pressionando logo no início, Kairo logo aos 3, tentou de longe e chutou para fora, e a equipe paraibana respondeu aos 13, com Thiago arriscando de longe e o goleiro Flávio pegando.

    Aos 16, a bola chega à área do Manancial, e o goleiro Flávio sai, tenta afastar com o pé, mas o atacante Pedro chega primeiro na bola, e o defensor de Major Sales acaba fazendo falta, pênalti para o PEC.

    Edimilson bate com precisão e faz, 1 x 0 para o Popular.

    Com o gol sofrido, o Manancial que já estava atacando, passa a insistir ainda mais no campo do adversário, e aos 29, após cruzamento Adinho cabeceia firme, e o goleiro Dassayev faz grande defesa.
    Aos 30, um lance infeliz, bola lançada na área, Edimilson tenta cortar e acaba fazendo contra de cabeça, 1 x 1.

    O gol deixou a equipe paraibana um pouco desanimada, mas mesmo assim ainda foi para o ataque, e aos 37, Vinícius chuta de longe para defesa de Flávio.

    Com o placar empatado em 1 x 1, a arbitragem apina final de primeiro tempo.

    Na segunda etapa, não deu outra, o time da casa deitou e rolou, principalmente com Toinho que voltou a fazer gols, o gol da virada aconteceu aos 10, depois do bate rabate na área, a bola sobra para o tacante que livre de marcação manda para o fundo do gol, 2 x 1, Manancial.

    Mas o time paraibano insistiu, aos 13, Yarley chega na cara do gol, e chuta por cima.

    O mesmo Yarley tentou aos 18 cobrando falta, mas a bola passou muito longe. Um minuto depois, Pedro cabeceia para fora.

    Aos 24, Adinho invade a área, o goleiro vai para dividida  camisa 10 cai, e a arbitragem marca pênalti. Os jogadores e o goleiro Dassayev contestam, mas não teve jeito, pênalti marcado e gol feito por Toinho, 3 x 1.

    Toinho estava mesmo impossível, e aos 42, depois de um belo lançamento, o atacante entra na área, tira do goleiro e marca o quarto do Manancial, seu terceiro no jogo e sétimo na competição, se isolando na artilharia, Manancial 4 x 1 Popular.

    Vitória maiúscula do time da casa, que começou perdendo, mas foi buscar o resultado e conseguiu expressiva vitória, contra a boa equipe do PEC.

    O Popular dá adeus a competição, ficando nas oitavas, nos dois últimos anos, a equipe ficou entre os quatro em 2015, e entre os 8 em 2016, agora ficando entre os 16.

    O Manancial espera agora o vitorioso entre Audax x Amigos, podendo assim, dá um confronto local na próxima fase.

    Ficha técnica:

    Manancial 4 x 1 Popular

    Estádio O Piozão, Major Sales, RN

    11 de junho de 2017

    Manancial: Flávio, Alexandre (Heronildo), Dorn, Gavião, Bruno (Salinho), Baiá, Kinininho, Kairo, Deyvity, Adinho e Toinho.

    Popular: Dassayev, Rafael, Edmilson, Cícero Neto, Rolamento (Ronaldo), Felipe, Yarley (Fágner), Thiago, Vinícius (Maurício), Pedro e Landinho (Renan).


    Trio: Mignum, Lázaro e Praxedes

                                       


    Mais »
    Traduzido por: Template para Blog